Afinal, o que são os Micronutrientes?

Oii! 😊
Continuando o assunto do post anterior, quando falamos sobre macronutrientes, esse mês falaremos sobre os micronutrientes – as vitaminas e os minerais.

Os micronutrientes são compostos essenciais ao organismo, porém requeridos em quantidades pequenas. A insuficiência desses compostos pode provocar doenças e o excesso pode desencadear toxicidade.

As vitaminas são compostos orgânicos que não são sintetizados pelo organismo, mas que podem ser encontradas em diferentes quantidades na maioria dos alimentos. Elas são substâncias frágeis envolvidas em uma série de processos do funcionamento do corpo humano. Podem ser lipossolúveis – vitaminas A, D, E e K – que precisam de lipídios/gorduras para serem absorvidas, ou hidrossulúveis – vitamina C e vitaminas do complexo B – que são absorvidas em água. Você pode conferir um resumo das funções e fontes alimentares das vitaminas aqui.

Os minerais são substâncias inorgânicas presentes nos tecidos do corpo humano e que possuem atuação relacionada à regulação das células e funções vitais. Você pode conferir um resumo das funções e fontes alimentares de alguns minerais aqui.

Os micronutrientes possuem relações com doenças muito prevalentes no Brasil. Algumas vitaminas e sua ação antioxidante podem diminuir as chances de ocorrênica de algumas doenças crônicas não transmissíveis, por exemplo. Níveis adequados de vitamina D e cálcio são muito importantes para a saúde de dentes e ossos, e para a redução do risco de osteoporose. Em contrapartida, o sódio em excesso pode favorecer a elevação da pressão arterial e aumento da incidência de doenças cardiovasculares e renais. As recomendações de micronutrientes variam de acordo com características específicas e diferem de pessoa para pessoa.

Ahhh e quanto a suplementação? As pessoas têm se preocupado cada vez mais com a saúde, praticando atividades físicas, buscando melhorar a alimentação e, às vezes, utilizando suplementos por conta própria. As farmácias possuem uma infinidade de vitaminas e minerais em cápsulas à disposição e vendidas livremente. Mas será que todo mundo precisa suplementar vitaminas e minerais? Será que o “quanto mais melhor” se aplica no caso dos micronutrientes?

A suplementação é importante, mas a necessidade da utilização desses produtos deve ser avaliada caso a caso por médicos e nutricionistas. É essencial um estudo alimentar cuidadoso antes de pensar em suplementação, pois a maioria das recomendações de vitaminas e minerais pode ser facilmente atingida por uma alimentação equilibrada e diversificada.

Que tal ficar de olho nas postagens mensais sobre sazonalidade de frutas e hortaliças 🍃🍇🍓🍆🌶🍋 para garantir alimentos muito nutritivos em sua mesa, com preço acessível e garantindo todos os micronutrientes que sua família precisa? Tenho certeza que melhorias em sua alimentação vão refletir positivamente em sua saúde. Fica o convite! 💙

Até o próximo mês  😁

20161225_0332031
Elizangela Camargo Rodrigues
Nutricionista, especialista em Nutrição Materno Infantil e mestranda em Nutrição pela UFSC. É membro do Grupo de Pesquisa Comportamento e Consumo Alimentar – UFSC.

Deixe uma resposta

Bitnami